Inicial > Livros > Mate-me Por Favor – Uma História Sem Censura do Punk

Mate-me Por Favor – Uma História Sem Censura do Punk

Lou Reed – Estou completamente sozinho. Ninguém para conversar. Dá uma chegada aqui, daí posso falar com você.

Nas primeiras linhas de “Mate-me Por Favor – Uma História Sem Censura do Punk”, Legs McNeil e Gillian McCain mostram que o Punk Rock não é uma história única, e sim a coletânea de fatos narrados pelos próprios caras que viram e fizeram parte do nascimento dessa nova geração.

Muito antes de dizerem que João Gordo traiu o movimento ou do Supla ter virado o “Charada Brasileiro”, o movimento Punk ecoou o mundo na década de 70, trazendo à cena social e principalmente musical, uma juventude que seguia o lema “faça você mesmo” (DIY ou Do It Yourself). Ou seja, por que pagar por roupas de grife se você mesmo pode criá-las ? Por que idolatrar uma banda se você mesmo pode montar uma ?

Essa é a história de uma cultura que ainda não está morta. Sim, meu amigo, o Punk não está morto. E nos dois volumes de “Mate-me Por favor” você irá fazer parte da narrativa dos precursores desse, acima de tudo, movimento. O início de um gênero musical que continua a influenciar as bandas do dia de hoje. E não, NX-Zero, Cine e Restart não fazem parte dessa lista.

Legs McNeil – Então eu disse: por que a gente não chama de Punk ? A palavra “punk” pareceu ser o fio que conectava tudo que a gente gostava – bebedeira, antipatia, esperteza sem pretensão, absurdo, diversão, ironia e coisas com um apelo mais sombrio.

Nessa leitura, nas palavras nuas e cruas de Dee Dee Ramone, Joey Ramone, Lou Reed, Andy Warhol, Iggy Pop, Ron Asheton, Patti Smith, Malcon McLaren e vários outros, você não precisará saudar a Rainha, atender um chamado de Londres ou participar de uma anarquia no Reino Unido para se sentir no meio de uma roda punk.

Não demora para ir atrás dessa leitura, hein ?! Se não no próximo artigo eu escrevo a resenha de uma dessas bandas que vestem calças coloridas..

Ficha Técnica

Título: Mate-me Por Favor – Uma História Sem Censura do Punk
Autor: Larry “Legs” McNeil e Gilliam McCain
Editora: L&PM Editores
Ano: 2004
Gênero: Movimento Punk, Sociologia
Número de páginas: 307

  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: