Inicial > Livros > A fragilidade dos laços humanos em “Amor Líquido”

A fragilidade dos laços humanos em “Amor Líquido”

Amor Líquido, de Zygmunt Bauman é um discurso sociológico que te abre os olhos. Bauman fala sobre a fragilidade dos laços humanos, a insegurança que inspira desejos conflitantes, a vontade de apertar os laços e, ao mesmo tempo, mantê-los frouxos.

A liquidez a que se refere, ao contrário dos termos bancários – que é potencializador -, é a sensação de bolsos vazios. Em outros livros já publicados, Bauman defende a ideia do processo de “liquefação” a que os laços sociais estão submetidos, uma proposta contida na própria modernidade.

“Relacionamentos”, diz ele, “estão entre os principais motores do atual boom do aconselhamento. A complexidade é densa e difícil demais para ser desfeita ou destrinchada sem auxílio”. Este mundo propenso à mudanças prejudica nossa capacidade de amar. As redes são formadas tão rapidamente quanto são desmanchadas. O homem sem vínculos é a figura central dos tempos modernos, e Zygmunt trata disso de forma apurada, inteligente, sociológica e psicológica.

Bauman é realista ao tratar as dificuldades dos casais e, quando não temos pares formados, temos a tecnologia à disposição para trocarmos mensagens com pessoas de todos os lugares, buscando relacionamento. Mas em muitos casos as pessoas que passam horas tagarelando à distância, chegam em casa, ligam a televisão e fecham-se em seu mundo.

O autor busca esclarecer de que forma este homem sem vínculos se conecta, evidenciando as armas que criamos para disfarçar um medo antigo.

Ficha Técnica

Título: Amor Líquido
Autor: Zygmunt Bauman
Editora: Zahar
Ano: 2003
Gênero: Sociologia

Categorias:Livros Tags:,
  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: