Inicial > Música > O dia em que o Grunge morreu

O dia em que o Grunge morreu

Há exatos 17 anos, ao lado de uma carta de despedida endereçada ao seu amigo imaginário, Boddah, foi encontrado o corpo de Kurt Cobain. Odiado por alguns, idolatrado por tantos outros. Suicídio ou teorias de um assassinato. No final, mais um para o Clube dos 27.

“Thank you all from the pit of my burning, nauseous stomach for your letters and concern during the past years. I’m too much of an erratic, moody baby ! I don’t have the passion anymore, and so remember, it’s better to burn out than to fade away.”

 

Valeu, Kurt !

Para ler: Mais Pesado Que o Céu
Para ver: About a Son

Categorias:Música Tags:,
  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: