Inicial > Filmes > Quinta-feira Violenta

Quinta-feira Violenta

A década de 90 contou com uma safra muito prolífica de filmes violentos. Só do Tarantino temos dois clássicos (Cães de Aluguel, 1992, e Pulp Fiction, 1995), além dos excelentes Os Bons Companheiros (Scorsese, 1990), Fargo (irmãos Cohen, 1996), Clube da Luta (David Fincher, 1999), Los Angeles – Cidade Proibida (Curtis Hanson, 1997), A Outra História Americana (Tony Kaye, 1998) e assim por diante. Quinta-feira Violenta (Spike Woods, 1998) também faz parte desse rol, e, apesar de não ter obtido tanto sucesso ou notoriedade quanto os outros, é um longa que merece ser visto.

No filme temos a história de Casey (Thomas Jane), um arquiteto que vive em Houston com sua esposa Christine (Paula Marshall). O casal é uma tradução do american dream: vida estável e confortável no subúrbio, com empregos decentes e o desejo de constituir família – no caso, adotando uma criança. Entretanto, toda a aura de marasmo da decoração kitsch é interrompida pela visita de Nick (Aaron Eckhart), antigo amigo e ex-parceiro de Casey no tráfico de drogas.

O motivo da visita? Simples, Nick iria se casar e partir para a França. Uma vez que não queria mais nada do seu passado negro, Casey reluta, mas acaba aceitando receber o amigo. Logo se descobre que a visita não tinha um pretexto lá muito nobre: Nick havia trazido consigo uma mala recheada de pó que passarinho não cheira, a qual era cobiçada por várias pessoas. E a partir daí temos um desfile de personagens e situações pitorescas ao longo de um dia, além de muita, muita, violência (claro).

Nada muito chocante ou de revirar o estômago, é bom dizer. Tudo é recheado com bastante humor negro, ironias e diálogos interessantes, os quais lembram bastante o estilo de Pulp Fiction e Cães de Aluguel. Quinta-feira Violenta não tem um clima tão cool, diálogos tão memoráveis ou cenas tão antológicas quanto seus “primos ricos”, mas é um filme que realmente diverte e entretém. Foi um ótimo achado – e que, pra mim, deveria ser mais conhecido pelos apreciadores do gênero.

Mas se você ainda estiver em dúvida (ou então curioso), dá uma olhadinha na cena de abertura do filme. Vai dizer que não é muito boa?

Ficha Técnica
Título: Quinta-feira Violenta (Thursday)
Diretor: Skip Woods
Ano: 1998
Gênero: Ação, Policial
Duração: 85 minutos

Curiosidade: Mickey Rourke fez uma ponta no filme, numa época em que havia abandonado o boxe e sua carreira artística estava em baixa.

  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: