Inicial > Filmes > Visual impressionante em “Motoqueiro Fantasma – Espírito de Vingança”

Visual impressionante em “Motoqueiro Fantasma – Espírito de Vingança”

Motoqueiro Fantasma em ação

O post de hoje vai falar um pouco sobre “O Motoqueiro Fantasma – Espírito de Vingança”, com Nicolas Cage. Sim, a história é uma porcaria – e foi alterada. Sim, os atores são muito ruins. Sim, Nicolas Cage não é nada convincente como herói.

Mas eu estou muito contente de ter esse espaço no blog pra falar pra vocês dos efeitos especiais, da edição impressionante e dos ângulos diferenciados, sem falar na estética maravilhosa desse filme. A dupla de diretores Mark Neveldine e Brian Taylor surpreendeu muito nesse sentido. É, eu sei, é difícil convencê-los a assistir algo ruim assim, de primeira, mas quem valoriza a estética da linguagem cinematográfica vai gostar de ver – e não necessariamente assistir – “O Motoqueiro Fantasma – Espírito de Vingança”.

A câmera sempre próxima do chão dá muito movimento pro filme, oferece uma visão mais dinâmica do que está acontecendo e tira o espectador do lugar comum, chamando sua atenção para o que realmente vale a pena ser visto aqui. Nada de pares românticos, nada de piadinhas gratuitas. O Motoqueiro Fantasma tem o melhor do seu visual perfeitamente explorado, e é isso.

Câmera próxima ao chão com o Motoqueiro Fantasma

O @oletche falou diversas vezes durante o filme: “estragaram a história do Motoqueiro, mas os efeitos especiais são fod*”. É, ele falou assim, porque realmente não tem nenhum adjetivo tão legal pra descrever as cenas em que o Motoqueiro está em ação, seja tomando controle de automóveis enormes que imediatamente assumem o aspecto cadavérico do “herói”, seja nas cenas de luta por cima dos carros, com as chamas da caveira alternando entre vermelho e azul e a visão da câmera mostrando o ponto de vista do Motoqueiro. Uma inconstante, um verdadeiro show visual.

Então tá, se eu deixei você com dúvida sobre assistir ou não ao filme, vou esclarecer: veja “Motoqueiro Fantasma – Espírito de Vingança” pelo lado artístico e pelo tato visual com que foi tratado. Agora, se você realmente faz questão de filmes com uma base sólida de roteiro e lições bonitas no final, não perca seu tempo.

Ficha Técnica

Título: Ghost Rider – Spirit of Vengeance
Diretor: Mark Neveldine, Brian Taylor
Ano: 2011
Gênero: Ação
Duração: 95 minutos

  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: