Arquivo

Posts Tagged ‘Entrevistas’

Entrevista: Superphones

Parafraseando as primeiras linhas de “500 Dias Com Ela“: esta é uma história onde o garoto conhece a garota, mas você deve saber de antemão, que essa não é uma história de amor.

Se fizermos um comparativo entre o filme e a banda que vocês estão prestes a conhecer, verão que a Superphones é a banda que deixou milhares de garotos e garotas apaixonados por suas letras e energia. E como toda história de amor, sem um final feliz, arrasou o coração de todos ao dar o seu adeus aos palcos.

Tom não ficou com Summer. E talvez, como um paradigma a essa comparação, a Superphones não ficou com seus fãs. Entretanto seus fãs guardaram todas as boas lembranças de um romance gaudério que perdurou por anos na cena musical.

A Superphones é uma banda de Porto Alegre que encerrou suas atividades em 2007. E se você encontrou alguma contradição na frase anterior, não se enganou, no decorrer dessa entrevista você entenderá que na cabeça de um fã ou, às vezes dos próprios integrantes, é difícil encarar o término de um sonho.

Leia mais…

Categorias:Música Tags:

Entrevista: Pipoca Musical entrevista Cherry Kiss

O Pipoca Musical entrevistou a banda Cherry Kiss, formada apenas por garotas, tocando clássicos do hard rock e mostrando que rock também é coisa de mulherzinha!

A banda é formada por Jessica Sinner (vocal), Franciele Mueller (guitarra solo), Gleica Reinert (guitarra base), Thiara Steinert (baixo) e Sabrina Varela (bateria) e toca um rock firme e com influências de hard dos anos 80. Com um repertório vasto e muita personalidade no palco, as belas marotas – pioneiras em sua formação exclusiva – evoluem a cada show, e conquistam uma plateia fiel.

A entrevista rolou no Ahoy no dia 05/03, quando a Cherry Kiss fez o show na Noite Dose Dupla – Hard Rock Girls. As meninas falaram com a gente sobre a origem da banda, porque o videocast se chama ok.BEIJOS, como surgiu a primeira composição, comportamento e cantadas no palco e como lidar com a tpm nos ensaios.

Agradecemos à Thiara Steinert pela edição do vídeo e pela criação da vinheta do Pipoca Musical (ficou lindinha, não ficou?). Agradecemos também à banda Osfen, que cedeu a música Passing a Challenge da abertura :) Valeu galera!

Confira, comente, compartilhe :)

Ficha Técnica

Nome: Cherry Kiss
Gênero: Hard Rock
Site: Myspace | YouTube
Origem: Brasil (Blumenau/SC)

Influências: 80’s Hard Rock
Contato: cherrykissband@gmail.com

Você também pode gostar de:

The Donnas
The Veronicas
Crucified Barbara

Entrevista: Bluecets

Formada em 2010, em Porto Alegre, a Bluecets é o que há de mais novo no gênero do Blues. Com letras divertidas e ritmo empolgante, a banda vêm crescendo na cena gaúcha e já tendo se apresentado em alguns festivais, bares e rádios da cidade.

O Pipoca Musical conversou com o Franco e Rafael Assman, que demonstraram enorme simpatia em nome de toda a Bluecets. Os amigos gaúchos deixaram de lado o chimarrão e mostraram que boa música se faz com uma ceva (cerveja) tri gelada.

Confira agora a entrevista realizada nessa semana:

 

– Buenas Bluecets ! Primeiramente, nós do Pipoca Musical, gostaríamos de agradecer a colaboração de vocês por nos ceder essa entrevista e conhecer um pouco sobre vocês. Quem são os integrantes que formam a banda e como é que surgiu o nome para a banda?

Bluecets: O nome Bluecets é uma tentativa de reunir as coisas que gostamos, basicamente seriam: o azul do tricolor Gaúcho (todos na banda tem um direito assegurado.. o de ser Gremista, hehehe), o som Blues… e principalmente um “trocadalho do carilho”, que dá uma sonoridade diferente ao nome relacionado ao B.UC.E.T.A como diria o Grande Paulão das Velhas Virgens, hehehe. A banda hoje é formada por Franco (vocais), Mauro Kupim (guitarra e vocais), Rafael Assman (baixo e backing vocal) e Rafael Zug (bateria).

–  Franco, conheço o amigo já tem alguns anos (desde 2003 para ser mais exato) e desde aquela época, lembro que você queria seguir o projeto de uma banda. Como é que surgiu a Bluecets na sua vida?

Bluecets: Bem, realmente foi naquele tempo de 2003, quando te conheci, que comecei a alimentar a idéia de ter uma banda. Na época eu era um cara do heavy metal. Com o tempo amadureci meus conceitos musicais, tomei muita cerveja e virei “blueseiro”, hehehe. A Bluecets surgiu dessa vontade de fazer um som (e músicas) na linha dos Velhas Virgens,  para falar sobre bebedeiras, louuras e festas. E juntando essa galera, a gente finalmente chegou a isso.

– Como tem sido dividir o tempo com o trabalho, família e os ensaios?

Rafael Assman: É foda porque todo mundo trampa, temos que fazer algums sacrificios, o maior é dormir poucas horas por dia.

Franco: Realmente, conciliar todas as coisas é complicado, mas é gratificante, pois a banda é algo que fazemos com prazer, algo que a gente gosta. Então mesmo dormindo poucas horas, quando temos shows, ensaios ou algo do gênero, a gente curte muito.

– O próprio nome já indica qual o estilo musical da banda, mas quais as influências da Bluecets?

Bluecets: As nossas influências giram em torno do Blues, do Rock Clássico, e como não poderia deixar de ser, temos profundas raízes no Rock Gaúcho.

– Quem compõe e quais as inspirações que vocês buscam para as letras?

Bluecets: As músicas normalmente são compostas por todos nós. As idéias surgem e vão pro papel e pra melodia. Em alguns casos, um tem uma ideia, escreve o esboço, compartilha e logo criamos algo. As inspirações vêm de situações que acontecem conosco. Tragos homéricos, partidas de poker, um show que estava vazio… tudo acaba virando música.

– Não pude acompanhar a transmissão da Ipanema FM quando vocês estiveram por lá, mas como foi estar “ao vivo” para boa parte de Porto Alegre?

Bluecets: Foi uma experiência muito legal e muito boa. Saber que diversas pessoas estão ali ouvindo o que tu tens pra falar é diferente do show… onde o pessoal vai pra “ver” tuas músicas. Em um programa como o Chimia Geral, tu acabas podendo expor tuas opiniões.  Foi realmente algo muito bom. Fizemos também um acústico em uma rádio Web aqui de Porto Alegre, a Putzgrila. O programa no chimia geral está disponível pra ouvir no link e o da Putzgrila brevemente estará disponível.

– No dia 20/02 vocês tocaram no Verão Cultural, lá no Parcão de Cachoeirinha, como é que foi isso ? Você cresceu ali, como foi tocar para os amigos e familiares?

Bluecets: Esse com certeza foi um show diferente. O primeiro grande palco que tivemos pela frente, com uma estrutura muito boa, para um show de grande porte. E poder tocar na tua cidade, para as pessoas que tu conheces há anos é diferente. É uma coisa muito boa. Com certeza foi algo que pode até virar uma música, hehe.

– Fora os shows que acontecem no Dr. Jekyll, na Cidade Baixa, onde a Bluecets tem se apresentado ? Qual a agenda e os projetos da banda para 2011?

Bluecets: O Dr. Jekyll se tornou meio que uma “casa” para nós e tocamos lá com frequência. Outro lugar que tocamos com prazer é o Eclipse Bar, bar de grandes amigos. Enfim, a Cidade Baixa é o nosso chão. Normalmente  tocamos por ali mesmo. Temos show agora, no dia 29/02, no Dr. Jekyll – pra variar – e estamos gravando as faixas para o primeiro CD. Fora isso queremos começar a tocar pelo interior do RS e região metropolitana de Porto Alegre. Seria bom também tocar fora do estado. Santa Catarina seria legal né? Hahaha.

– Fico muito contente em receber essa presença de vocês no nosso blog. É certo que, assim que puder, vou querer conferir o trabalho de vocês em terras gaudérias e com uma Polar na mão. Tudo por conta da Bluecets, certo? (risos)

Bluecets: Olha… sabes que vai ser muito bem-vindo. E certamente vai encontrar um daqueles churrascos regados a muita cerveja. Aí tu trazes as meninas… e a coisa tá completa, hehehe.

– Um forte abraço do amigo, em nome de toda a equipe do Pipoca Musical.

Bluecets: Muito sucesso para vocês ! Nós agradecemos a oportunidade de aparecer por aqui, e não esqueçam: abram uma cerveja e curtam um blues com a gente !

O telefone de contato para shows e agendamentos é o (51) 9288-7188.


Ficha Técnica

Nome: Bluecets
Gênero: Blues
Site: Site OficialMySpace
Origem: Brasil (Rio Grande do Sul)

Categorias:Música Tags:,
%d blogueiros gostam disto: