Arquivo

Posts Tagged ‘Indie’

Band of Horses e My Life as Liz

Descobrir novos sons é sempre muito bom. Há mais ou menos um mês eu zapeava os canais em frente à televisão quando um programa da MTV me chamou a atenção. (Isso dificilmente acontece, já que a única coisa que eu assisto na MTV é o Lab Clássicos). Pois bem, lá estava eu gargalhando alto com uma menina de cabelos vermelhos chamada Liz Lee. Ela é excêntrica, totalmente cool e fã número um de Star Wars, o que me fez querer ir correndo pro Texas e fazer dela a minha nova BFF.

A história da Liz é engraçada: ex-barbie-da-escola, ela se transformou em defensora dos geeks depois de ser traída pelas melhores amigas. Depois disso a garota decidiu radicalizar, trocar as longas madeixas platinadas por um desfiado-ruivo-rebelde e arrumar amigos gordinhos e completamente nerds. Mas o post de hoje não é só sobre My Life as Liz, uma das microséries mais legais que eu já assisti em meus 19 anos de existência (e que, infelizmente, empacou na primeira temporada) – o papo de hoje é sobre a Band of Horses, uma banda bacanérrima que eu descobri através do programa. Em um dos episódios mais marcantes da série, a garota-dos-cabelos-legais me apresentou o som dos caras da forma mais deliciosa possível: cantando uma música “pesadinha” em formato acústico. E foi amor à primeira ouvida.

A Band of Horses nasceu em Seattle em 2004 misturando letras melancólicas e poéticas a um rock n’ roll rasgado por rugidos de guitarras e riffs-chiclete. Talvez você já tenha ouvido falar ou seja fã número um da banda, mas eu estou naquele estágio inicial de quem acabou de descobrir um sonzinho novo e está impressionada com a perfeição dos arranjos do primeiro disco dos caras, Everyting All the Time (2006). A música lindamente interpretada por Liz na série se chama The Funeral, uma balada indie rock que também faz parte da trilha sonora do jogo Skate, disponível para Xbox 360 e PS3 (e que se tornou a minha favorita rapidinho). Abaixo você pode escolher qual das versões prefere ver/ouvir: a baladinha acústica de Liz Lee ou a versão original da Band of Horses (ou as duas, vai!):

Ficha Técnica

Nome: Band of Horses
Site: Site Oficial
Gênero: Indie, Rock
País de Origem: EUA (Seattle)

Categorias:Música Tags:,

The Strokes lança single “Under Cover of Darkness”

O The Strokes lançou ontem seu primeiro single desde o último disco, First Impressions of Earth, de 2006. Além da estreia nas rádios, a banda disponibilizou o download gratuito da música em seu site, por 48h.

O novo álbum da banda, intitulado “Angles”, será lançado no dia 22 de março. Bom, você pode ouvir a música clicando aqui. Ou fazer download no site, clicando aqui.

Ficha Técnica

Nome: Band of Horses
Site: Site Oficial
Gênero: Indie, Alternative Rock
País de Origem: EUA (New York)

Those Dancing Days tem lá seu mérito…

Há mais ou menos um ano atrás você me veria fazer uma cara de interrogação se perguntasse “Você gosta de indie?”. Eu andava numa fase meio rock demais, sem muita vontade de escutar outras coisas. Comecei de leve, e agora tô aqui com meu iPod cheio de coisa diferente, aquelas bandas que muita gente hoje faz a cara de interrogação que eu fazia.

Those Dancing Days é uma banda de indie-pop, formada por cinco garotas da Suécia. Reza a lenda que o nome do grupo foi inspirado na canção “Dancing Days“, do Led Zeppelin. Então tá.

Em geral as músicas dessa banda não são lá grande coisa, mas eu destaco “Reaching Forward”, que não consigo deixar de escutar ao menos uma vez por dia. Olha o vídeo aí:

Quem me deu a dica da banda foi o César, há alguns dias atrás.

Ficha Técnica

Nome: Those Dancing Days
Website: Myspace
País de Origem: Suécia

Categorias:Música Tags:
%d blogueiros gostam disto: